9 de dezembro de 2022

Banco Central recebe os resultados positivos da Agência de Fomento

Banco Central recebe os resultados positivos da Agência de Fomento

Diretoria Executiva da autarquia apresentou resultados promissores ao órgão de controle

Dock JR / Governo do Tocantins

A diretoria da Agência de Fomento do Estado do Tocantins participou na sede Banco Central, Recife-PE, da reunião técnica para apresentação dos resultados da autarquia no último quadriênio. A carteira ativa experimentou um avanço surpreendente, entre 2019 e 2022, de mais de 300%, enquanto que a liberação de crédito avançou aproximadamente 400%. Os resultados financeiros – totalmente negativos no início da gestão da atual presidente – apresentam resultados efetivamente confiantes, com “superávit”. Paralelamente, o índice de inadimplência foi reduzido significativamente.

No encontro, a presidente da Agência, Denise Rocha, expôs balanços que demonstram evolução administrativa e financeira. Cabe salientar que houve um aumento significativo da carteira e pulverização no crédito, diversificação do público, captando recursos externos e administrando o fundo estadual, entre outros benefícios para a Fomento.

Denise Rocha – Presidente Ag Fomento

“Os resultados demonstram que a gestão das verbas, sob a responsabilidade da autarquia, foi realizada de forma responsável. Além disso, é preciso enfatizar que, nesta gestão, captamos cerca de R$ 35 milhões em recursos de terceiros (fundos) e mais R$ 24,6 milhões de recursos próprios. Conseguimos apresentar índices financeiros sólidos que provam o nosso crescimento com equilíbrio, pois uma das missões da nossa gestão é gerenciar os recursos públicos com responsabilidade”, pontuou a presidente da Agência de Fomento, Denise Rocha.

É preciso ressaltar, por fim, que o Banco Central validou os números apresentados que demonstram que a Agência de Fomento vem se tornando referência em microcrédito no Tocantins, conseguindo atender todos os 139 municípios do Estado, quer seja através do acesso digital, quer seja por visitas aos municípios no programa “Fomento Presente” ou por intermédio de parcerias.

A gestora enfatizou, ainda, que a continuidade da gestão do governador Wanderlei Barbosa foi importante para que novos aportes financeiros fossem realizados. “Se para o Banco Central é importante que haja responsabilidade e transparência na gestão dos recursos públicos, para o governo do Tocantins, a Agência de Fomento é o braço governamental que exerce o papel social de fomentar a economia, liberando crédito aos empreendedores tocantinenses”, concluiu.

Voltar